Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

quarta-feira, 2 de maio de 2018

DIANA SOARES NO RALI DA SUA TERRA: MAIS UM MOMENTO INESQUECÍVEL

O Rali de Santo Tirso marca o regresso de Diana Soares às lides do volante. Depois da sua estreia absoluta em Ourém, a jovem piloto tem pela frente mais um momento da sua ainda curta carreira que certamente não irá esquecer.
“Sempre foi o meu grande desejo fazer este rali como piloto por ser o rali da  minha terra natal”, começa por referir Diana Soares, que voltará a ser navegada por Sofia Lobo a bordo do fiável Nissan Micra. “Correr em casa será muito especial para mim. Sei que vou ter a família e os amigos a darem-nos o máximo de apoio e claro que isso torna esta participação ainda mais motivadora, mas isso acaba também por me colocar um pouco mais de pressão”, refere.
Sobre as suas ambições para este que é apenas o seu segundo rali enquanto piloto, Diana Soares mantém as suas expectativas bastante realistas e define como objetivos continuar na sua aprendizagem e evolução: “O objetivo principal é sem dúvida terminar o rali. Eu e a Sofia temos evoluído como dupla e queremos continuar a evoluir e esperar que essa evolução se note de pec para pec ao longo do rali. Esperamos conseguir fazer uma prova sem sustos e sobretudo com menos peripécias do que a prova de estreia.”
Sendo uma das equipas que vai correr “dentro de portas”, a jovem piloto apoiada pela Auriol Sport, Frutaria Carla, Nortecar, Open Vision, Remax Vitoria, Digno Partilhar, My Power, Teclas da Vida, Lavamão, Carvalho Seguros, SinalÉtica, DRL, Pneus Abreu, Socar, Mindus Restaurante e Juncalauto analisa muito positivamente o traçado escolhido pela organização para o rali deste ano: “Agrada-me o facto de haver um pouco de tudo, é um rali que conjuga zonas rápidas com outras mais técnicas, diferentes tipos de pisos, algumas mudanças de ritmo e por isso creio que estamos perante uma prova desafiante e que será certamente muito disputada. 
É um rali muito distinto do meu primeiro rali, aqui os troços são mais curtos mas o rali será desgastante pela quantidade de classificativas que tem no mesmo dia. Quanto à super especial, não é de todo do meu agrado mas é fantástica a moldura humana que ali se forma todos os anos para a ver.” 
Para terminar, a piloto tirsense não esquece de realçar a importância da segurança para o sucesso da prova: “Espera-se como habitualmente muito público a assistir à passagem dos concorrentes e por isso nunca é demais relembrar que é importante que todos vejam o rali em segurança e que apoiem todos os participantes como se fossem os seus favoritos porque este rali merece devido à sua dimensão.
Não posso deixar de agradecer uma vez mais à minha família, ao meu namorado, à minha navegadora Sofia e a todos os patrocinadores porque todos juntos estão a conseguir realizar o meu sonho”, conclui Diana Soares.

Sem comentários:

Enviar um comentário