Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

El campeón llega al Botafumeiro con ganas de disfrutar

Los hermanos lucenses, Pedro y Marcos Burgo, comenzaron la temporada 2012 con un objetivo claro: lograr el título autonómico de rallyes. Para ello contaban con uno de los mejores vehículos que hubo jamás en el campeonato autonómico: un Ford Focus WRC ’05 ex-oficial.
Con este vehículo y el apoyo que tradicionalmente les proporciona Cafés Candelas, los Burgo realizaron una gran temporada en la que lograron su tercer título con gran dominio. Prueba de ello es que lograron marcar 38 scratch (mejor tiempo en tramo) frente a los 7 de su principal rival.
Aunque Burgo y Candelas ya han cumplido su meta, no querían perder la ocasión de despedirse de los aficionados en el último rallye de la temporada; aunque, para ello, utilizarán un vehículo muy diferente del habitual. Se trata de un Ford Sierra Cosworth: un coche del año 1985 y que entrega sus 295 caballos sólo a las ruedas posteriores.
“Corremos este rallye con el único objetivo de agradecer el apoyo incondicional de los aficionados. Cada derrapada será para devolver al público el cariño con el que nos apoyan tramo a tramo.”


quinta-feira, 29 de novembro de 2012

1º Passeio Turístico TT do Viana Motor Clube - Rota das Capelas

Os Montes do Alto Minho, Concelhos de Viana do Castelo e Caminha, deram lugar ao 1º Passeio Turístico TT do Viana Motor Clube, para marcar o primeiro ano de existência da secção Todo o Terreno deste clube, visto que o mesmo existe desde 1998 na vertente dos Clássicos, GT80, Desportivos e Slotcar.
A Rota das Capelas foi pensada de forma a permitir aos participantes desfrutar das belíssimas paisagens vistas dos miradouros de cada capela e, mais tarde, poderem visitar com família e amigos estes miradouros, alguns deles bem conhecidos na nossa região.
Pelas 8h30 abriu-se o secretariado no Centro da Cidade de Viana do Castelo, no café Girassol, onde responderam à chamada 35 jipes e 85 participantes.
Por volta das 10H, em caravana, deu-se início ao passeio em direção à Basílica de Santa Luzia, um Santuário que começou a ser construído em 1903, sendo este o ex libris de Viana do Castelo, visto que, da escadaria de acesso à Basílica de Santa Luzia podemos vislumbrar uma vista impar da região, numa imagem panorâmica e única onde se concilia mar, rio e todo o complexo montanhoso.
 A partir deste ponto deu-se entrada na florestal em direção à Capela de São Mamede, aldeia situada em pleno monte de Santa Luzia. Por estradões de ligação ao parque eólico, descendo a encosta de Perre e subindo a encosta de Outeiro, aprecia-se, a partir deste magnífico vale, as fantásticas vistas sobre Viana e Rio Lima. 
Seguindo o estradão que atravessa o cume do monte de Outeiro, em direção a São Lourenço da Montaria, as paisagens tornam-se cada vez mais interessantes. Neste local, para além de se dar destaque a um prato bem português, o Cabrito a Serra D`Arga, também se destacam as cascatas, principalmente a do Pincho, as ribeirinhas, o viveiro florestal e os Moinhos, grande parte destes, ainda em funcionamento. 
Posteriormente, seguimos até ao Templo da Senhora do Minho, situado a mais de 700m de altura, onde se aproveitou para fazer um reagrupamento enquanto os participantes tiraram fotografias e apreciaram as paisagens magníficas, sobre os concelhos de Viana do Castelo e de Ponte de Lima.
Seguidamente, dirigimo-nos para o Mosteiro de São João d`Arga, implantado na Serra de Arga, dispondo de uma ampla visibilidade sobre os seus vales. Embora seja desconhecida a sua data de fundação, as suas características apontam para finais do seculo XIII e, é nesta pequena aldeia que se festeja a famosa romaria de São João D`Arga, apreciada pelas pessoas de todas as faixas etárias. Neste local fizemos uma breve paragem para restabelecer energias com um reforço alimentar para posteriormente continuar o percurso.
Daqui partimos em direção à Senhora Das Neves, onde se pode encontrar uma capela barroca rodeada de vegetação rasteira, pinheiros, oliveiras e algumas mesas para se desfrutar de uns piqueniques. A partir deste local pode-se avistar Caminha e algumas freguesias como, Vilar de Mouros, Argela, Venade, Vilarelho e o Monte de Santo Antão e, aproveitando esta paisagem única como fundo, tiramos a fotografia de grupo. 
Posteriormente, partimos para o monte de Santo Antão, localizado na freguesia de Venade, onde se pode encontrar a capela de Santo Antão que é, certamente, anterior aos inícios do século XVIII. Aqui aproveitamos para fazer uma sessão fotográfica aproveitando as belas paisagens panorâmicas do Alto Minho... Neste miradouro desfruta-se de uma paisagem simplesmente extraordinária, de uma vastidão e de um horizonte inigualáveis, onde se avista Caminha, Moledo e a nossa vizinha Espanha.
Seguimos caminho até à última capela, num total de dez, a capela da Senhora da Cabeça, construída no século XVIII. Todas estas capelas estão situadas nas nossas montanhas do Alto Minho e grande parte delas com miradouros onde se pode desfrutar de paisagens simplesmente únicas e extraordinárias.
Continuando o percurso, seguimos o estradão sempre pela encosta de Âncora, Afife e Carreço onde se proporcionaram umas paisagens espetaculares sobre estas freguesias e as nossas praias.
Finalizamos o passeio em Carreço, no Café do Adro, com um excelente repasto e muito convívio entre os participantes.
Fotos: Viana Motor Clube. VER GALERIA DE FOTOS COMPLETA


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Pedro Fins no Rali de Baião: "SEGUNDO LUGAR NO RALI E OBJETIVO CUMPRIDO"

Pedro Fins e Sérgio Rocha foram segundos no Rali de Baião, terminando assim o Desafio Modelstand no terceiro lugar final, cumprindo o objectivo. Chegados ao último rali da época, a dupla do Peugeot 206 GTi tinha de entrar no rali ao ataque, para conseguirem o pódio no Desafio. 
"Sabíamos que nesta última prova só poderíamos perder pontos para o Gago, e que teríamos que terminar este Rali no segundo lugar para garantirmos o terceiro lugar final no Troféu”, explica Pedro Fins "entrámos ao ataque logo desde a primeira pec, e no final da primeira secção ganhávamos 25seg ao nosso mais direto adversário."
Com as condições do Rali a piorarem as restantes especiais foram feitas a gerir o andamento e a vantagem conseguida: “Fizemos as últimas duas pecs já de noite, e com muito nevoeiro, mas conseguimos sempre gerir muito bem a vantagem que tínhamos, terminando num excelente segundo lugar”.
Apesar de todas as dificuldades e adversidades ao longo do ano, termina assim com um bom resultado a época de regresso de Pedro Fins aos Ralis.
O Peugeot 206 GTi de Pedro Fins teve assistência a cargo da SFR Motosport e os apoios da Stock-Car Megastore, Solinca, Reebok, Rambaxy Genéricos e NWI Casas.
Mais informações em www.caamarante.com e no web site oficial do piloto em www.pedrofins.com.