Este espaço é para si! Envie-nos a sua notícia: mscmail.fotorali@gmail.com

domingo, 30 de setembro de 2012

Rampa da Penha - 1ª Galeria de fotos



























Pedro Salvador: Penta Campeão Nacional de Montanha

Com mais um triunfo no Campeonato de Portugal de Montanha, Pedro Salvador garantiu o título na Rampa da Penha, o quinto da carreira na montanha. Conseguiu ainda manter a invencibilidade em 2012 com seis triunfos em seis provas.
Depois de ter lutado taco-a-taco com Salvador na Rampa do Caramulo, Tiago Reis esteve longe do homem do Juno, tendo mesmo de se preocupar com João Fonseca que na derradeira tentativa encurtou a diferença entre ambos para 573 milésimos. Reis ficou em 2º e João Fonseca em 3º com mais uma boa prestação com o SpeedCar.
O melhor dos veículos não protótipos foi o Ford Escort clássico de José Pires, batendo o Joaquim Teixeira que regressou ao Seat Leon e venceu a categoria 1. Luis Silva teve uma luta animadíssima com Luis Nunes e conseguiu o 7º lugar depois do forcing na derradeira subida. Luta animada também pelo 9º lugar entre Joaquim Santos e Martine Pereira, com o homem do Opel a ver Martine falhar a segunda subida.
A classificação final pode ser consultada aqui.
(*fonte SportMotores)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

COMEÇO AZARADO PARA JOÃO SILVA

João Silva e Hugo Magalhães partiram extremamente motivados para o Rali Centro de Portugal, prova que já haviam vencido no ano passado. Infelizmente o regresso ficou marcado pelo abandono após um despiste na primeira especial do rali, felizmente sem danos de maior para a jovem dupla de pilotos e para o Renault Clio R3.
Apostado em obter um bom resultado na prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande, João Silva acabou por ser vítima de uma série de circunstâncias, não evitando uma saída de estrada na primeira classificativa do dia, quando estavam cumpridos apenas 3 quilómetros de prova cronometrada.
O piloto madeirense da FX Hotelaria não escondeu o desalento pela desistência, assumindo desde logo que o despiste se deveu a um erro seu: “infelizmente o rali terminou mais cedo do que esperávamos. Acabamos por sair de estrada sem aquecer, no que poderia ter sido de novo um grande rali para a nossa equipa, depois de todo o trabalho de preparação que decorreu conforme tínhamos planeado.”
“Numa zona muito rápida, entrei com muita velocidade numa curva e perdi a frente do carro, colidindo num contentor de resíduos e na base de cimento que o suportava o que danificou logo o radiador e o depósito de combustível do carro, obrigando-nos a desistir da prova.”
“Esta situação resulta de um erro só meu, ao não adaptar a minha atitude face a algumas circunstâncias imprevistas. Nomeadamente, a neutralização à entrada do troço, que nos arrefeceu os pneus e toda a mecânica, bem como a minha decisão tardia e sem testes prévios, de transportar uma segunda roda suplente, adicionando mais 20kg à traseira do carro, o que prejudicou claramente o comportamento do carro em curva.”
“Ainda assim com a minha experiência devia ter avaliado melhor a situação e doseado o andamento nesta zona. Mas a vontade de dar o meu melhor e de não perder tempo para os restantes adversários, fizeram-me cair neste erro de principiante.”
“Ainda assim estou contente pelo trabalho feito antes do rali, pois o feeling durante os testes (apenas com uma roda suplente) foi muito bom, e os reconhecimentos correram igualmente muito bem.”
“Apesar da normal frustração e desilução, tanto eu como o Hugo já estamos a pensar no próximo rali, em Mortágua, onde esperamos poder estar presentes a 100% para levar em diante os nossos objectivos, ou seja, vencer o CPR2.”
O Rali de Mortágua decorre nos próximos dias 19 e 20 de Outubro, mas a participação da dupla da FX Team só será confirmada em breve, após análise das consequências deste incidente no orçamento da equipa. A vontade contudo é de manter o inicialmente delineado e estar à partida das restantes 2 provas do CPR2.



BPinhão Racing Team regressa com motivação elevada

 A dupla Bruno Pinhão/José Caetano, regressam a mais uma prova do CPTT, desta feita a BAJA Idanha-a-Nova, com a moral em alta. Mesmo o 2ºlugar conseguido em Oleiros não desmotivou a equipa, nessa que seria a sua 4ªvitória consecutiva na classe em que concorrem, “Em Idanha, vamos lutar pelo 1ºlugar, já não conseguiremos o pleno de vitórias, mas o 2º lugar também foi muito honroso, tivemos azar com os furos e a nossa concorrência não se deixou distrair e aproveitou o nosso atraso”.
A equipa Bejense que participa pela primeira vez no CPTT, tem feito um brilhante campeonato até ao momento e assim os resultados se mantenham e apoio dos patrocinadores, esta equipa sonha já com um projecto mais ambicioso no futuro.
A BAJA Idanha-a-Nova, realiza-se já no próximo fim-de-semana nos dias 28 e 29 de Setembro e é organizada pela Escuderia Castelo Branco.

domingo, 23 de setembro de 2012

Circuito Braga II - GT's e Sport-Protótipos

O muito calor e um mar de gente marcaram os dois dias de corridas no circuito Vasco Sameiro, em Braga. Corridas disputadas, incerteza no resultado e muita dose de adrenalina foram o cardápio servido em cada uma das diversas corridas do programa do nacional de velocidade automóvel. A velocidade está viva e as corridas de fim de época estão animadíssimas.

Com duas corridas no programa referente ao campeonato principal, os GT's, sábado viu disputar-se a corrida 1. A vitória sorriu à dupla do Audi - César Campaniço / Carlos Vieira – logos seguidos pela dupla luso / italiana João Figueiredo / Alessandro Pier Guidi e o lugar mais baixo do pódium a ser pertença dos homens do Lamborghini - Patrick Cunha / José Carlos Ramos.
Novo dia e nova corrida. Domingo trouxe mais emoção, mais toques e muita celeuma numa corrida que teve como vencedores os homens do bonito Ferrari Ferrari 430 GT2 de João Figueiredo / Alessandro Pier Guidi. A a pouco mais de 11 segundos chegaram César Campaniço / Carlos Vieira e no terceiro lugar António Nogueira em Porsche 997 GT3R.

Em estreia absoluta e ainda sem grande número de concorrentes, os Sport Protótipos apresentaram-se na pista bracarense dispostos a mostrar serviço.
Três corridas formavam o menu com os lugares do pódio a serem repartidos entre Gonçalo Araújo e Pedro Castañon, a segunda corrida viu a consagração de Pedro Castañon, segundo para Gonçalo Inácio e finalmente Nuno Santos ocupou o lugar restante.
Terceira e última corrida com a vitória a sorrir a Gonçalo Araújo / Gonçalo Inácio, na frente de João Calado Luís e o pódio ficou completo com a presença de Tiago Ribeiro / Nuno Santos.
As classificações completas podem ser consultadas nos seguintes links:
Ficam agora as imagens